Nota de repúdio em defesa do servidor público

Nota de repúdio em defesa do servidor público

Dentre as missões da ASEA está a promoção de um ambiente de trabalho saudável e a valorização dos seus associados. A competência e a dedicação dos servidores da ANEEL para com suas atividades e para com a missão da Instituição é conhecida pelos participantes do setor elétrico brasileiro. Falhas podem ocorrer em qualquer equipe de qualquer organização, seja ela pública ou privada.

Mas isso não pode nunca ser motivo para uma comparação e uma generalização como a que foi feita pelo Ministro de Estado da Economia. Tal comparação se torna ainda mais descabida pelo fato de ela ter sido dita pelo Ministro de Estado responsável pela gestão do funcionalismo público (visto que as atribuições do extinto Ministério do Planejamento integram o rol de responsabilidades do Ministério da Economia).

As críticas e eventuais correções devem ser feitas de forma correta, com respeito e com lisura. Por fim, todo servidor, independentemente da esfera de governo em que atua, é um cidadão e merece ser tratado com respeito e dignidade pelas autoridades públicas. Assim, lamentamos a fala do Ministro Paulo Guedes.

Não aceitamos qualquer forma de desumanização do servidor público.

Comments

  • RAMON MONTEIRO OLINTO | fev 10,2020

    TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO HÁ 28 ANOS. SEMPRE TRABALHEI MUITO PARA MERECER O MEU SALÁRIO. NÃO SOU PARASITA COM DISSE O MINISTRO. INFELIZMENTE EU NÃO ESTOU RETIRANDO DIREITOS DE TRABALHADORES PARA AGRADAR BANQUEIROS E EMPRESA DE GRANDE PORTE.

  • CHÉLEN FISCHER DE LEMOS | fev 10,2020

    Concordo plenamente. Se existe ineficiência, se existe negligência por parte de alguns servidores públicos, que seja apurado e corrigido. Mas não se pode generalizar. Me senti desrespeitada pelo comentário do Ministro, pois atuo e sempre atuei de modo a prestar um serviço de excelência e sei que a maioria, senão todos os meus colegas da ANEEL trabalham neste sentido. Prestamos um serviço importante para a sociedade e estamos cientes disso, por essa razão trabalhamos para que as demandas sejam atendidas de forma rápida e eficiente.

  • Gabriel Doyle | fev 10,2020

    A ASEA devia fazer um mea culpa por ter sido, em parte, responsável pela situação politica em que nos encontramos.
    Sei que nem todos os gestores da atual diretoria estiveram envolvidos, mas a atuação foi da Associação como instituição.

  • Hudson | fev 11,2020

    Realmente lamentável a fala do Senhor Ministro, não se pode generalizar. Pessoas boas e ruins, profissionalmente falando, há em todos os seguimentos da sociedade.

  • Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *